Como conseguir créditos para a Nota Fiscal Paulista

Requisitar a nota fiscal nos estabelecimentos de São Paulo pode resultar em um bônus significativo para o consumidor, desde que ele esteja cadastrado na Nota Fiscal Paulista.

Esse é um sistema que abrange todas as pessoas jurídicas do Estado e que permite que os consumidores tenham o estorno de uma parte do que pagaram em suas compras.

Todavia, esse estorno é um ganho secundário, já que a motivação do governo paulista para fazer esse programa é a inibição da sonegação de impostos.

Antes da nota fiscal páulista, muitos consumidores não se importavam se receberiam os recibos ou não e isso criava condições para que os estabelecimentos não pagassem os impostos.

Sabendo que podem sacar quantias diversas como estorno e participar de sorteios mensais, os consumidores se tornaram mais cuidadosos com a nota fiscal.

Além de pedi-las, eles buscam no site da Secretaria Estadual da Fazenda se ela foi colocada no sistema: se não foi, o cidadão não tem estorno e pode denunciar.

Como aumentar os créditos da Nota Fiscal Paulista

nota fiscal páulista

Os créditos são os valores de estorno que o cidadão pode ter com essas notas fiscais e eles são diferentes para cada comércio.

Importa dizer que não se trata do valor do produto, mas sim do quanto que o estabelecimento repassa de imposto para o governo.

Quanto mais essa pessoa jurídica recolher, mais crédito o seu cliente terá na Nota Fiscal Paulista.

As lojas de sapato são alguns dos empreendimentos indicados para o consumidor que quer ter mais estorno: geralmente, ele passa de 3%.

Os estabelecimentos alimentícios, como as casas de chá e os restaurantes, também têm bom recolhimento de impostos e, devido a isso, concedem bastante crédito: aproximadamente 2,7%.

Quem é cliente de óticas também pode pedir a Nota Fiscal Paulista e acumular créditos de 1,7%, que desce para 1,3% quando se trata de uma padaria. As coberturas de seguro podem resultar em 2,8% de crédito para os consumidores e em 2,2% no caso de lojas de roupas.

Esses créditos também permitem que o cidadão esteja nos sorteios mensais. Se ele acumular R$ 100,00 como estorno, recebe um cupom e a Secretaria Estadual da Fazenda sorteia até R$ 1.000.000,00 por mês.

Cadastro e resgate dos créditos da Nota Fiscal Paulista

Para cadastrar o documento pessoal e solicitar os estornos, acessa-se https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/login.aspx?ReturnUrl=%2f. Porém, esses pagamentos são disponibilizados apenas em abril e em outubro, sempre referentes aos seis meses anteriores.