Qual o futuro da TV?

Existem alguns debates que nunca saem de moda, já percebeu? Ultimamente um dos debates que está sempre posto a mesa é o futuro da televisão. Apesar de sempre estar em pauta poucas pessoas consegue falar com propriedade sobre o assunto.

Existem muitos aspectos que devem ser abordados antes de tirarmos uma conclusão concreta e correta. As Smart TVs chegaram para dominar o mercado brasileiro.

Esse modelo de TV é uma aposta dos fabricantes de que é necessário integrar os canais normais de TV com aplicativos de internet, como a Netflix, por exemplo.

As Smart TVs oferecem a seus usuários cada vez mais aplicativos de filmes, música e vídeos já nativos de fabrica. Além disso é possível instalar diversos novos aplicativos, dependendo do modelo da sua televisão.

Além disso os fabricantes de TV estão apostando pesado na criação de vários recursos diferentes como reconhecimento de voz e gestos.

Se você fizer uma rápida pesquisa na internet vai encontrar muita gente que resolveu trocar a TV pela internet.

Ou seja, as pessoas optam por assistir Netflix, Youtube ou qualquer outra coisa, ao invés de ver televisão.

A TV aberta anda perdendo muito espaço para esses aplicativos e sites de vídeos, filmes e stream. Cada vez menos gente tem assistido o conteúdo oferecido pela TV aberta.

NET TV

A NET TV também notou que deveria mudar para continuar atraindo telespectadores. Vários canais que atuam na TV fechada, como a NET, oferecem agora aplicativos para que seus clientes assistam seus programas de onde estiverem.

Você sabe se você paga por algum desses serviços da NET TV na sua conta? Para ter acesso a essa informação e saber se você tem acesso aos aplicativos oferecidos pela sua TV a cabo, seja ela a NET ou qualquer outra.

Você pode consultar se tem esse serviço emitindo a net 2 via da sua conta e vendo se esses serviços são ou não cobrados na sua fatura NET.

Poder assistir o conteúdo que você quer, a hora que você deseja, sem ficar preso aos horários oferecidos pelos canais abertos não tem preço!

TV na nuvem

Estima-se que em 2020 o universo terá mais de 20 bilhões de dispositivos móveis conectados pela internet. Isso quer dizer: 20 bilhões de pessoas utilizando tablets, notebooks e celulares. Inacreditável, não?

Ou seja, todos esses dispositivos poderão receber sinal dos canais de TV, porém existem alguns desafios para que isso aconteça.

O maior deles é que é necessário que existe uma grande disponibilidade de banda larga para atender todo esse conteúdo e mais ainda, é necessário armazenar todo esse conteúdo.

E você usa Smart TV? Utiliza seu celular para assistir os conteúdos que te interessam e seus programas preferidos? Tem alguma dúvida sobre a sobrevivência da TV no futuro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *