Sexo na terceira idade: como esquentar sua vida sexual

O desejo sexual não desaparece à medida que envelhece e é natural continuar a querer fazer sexo. O sexo na vida adulta pode ser diferente de quando você era mais jovem, mas embora possa ser necessário fazer alguns ajustes, envelhecer não significa desistir do sexo. Você também pode pensar a medida que envelhece: Broxei, o que eu faço agora?

Como eu falo com meu parceiro sobre sexo?

Se você está com seu parceiro há muito tempo ou está começando um novo relacionamento, falar sobre sexo é vital para garantir que você tenha uma vida sexual satisfatória.

Se você está em um novo relacionamento, discuta as expectativas um do outro. Fazer isso primeiro irá garantir que cada um de vocês saiba o que você quer do seu tempo juntos.

Coisas para discutir poderiam ser:

  • se ambos querem ter um relacionamento sexual;
  • seus gostos e desgostos;
  • qualquer nervos que você tem sobre fazer sexo;
  • qualquer dificuldade física que você tenha em relação ao sexo.

Mesmo que você esteja com seu parceiro há algum tempo, falar abertamente sobre suas necessidades pode aproximá-lo.

Se você acha que está lutando para ter uma vida sexual gratificante com seu parceiro por causa de disfunção sexual ou doença, conversar com seu médico pode ser útil.

Como faço para superar ansiedade sobre sexo?

Algumas pessoas sentem-se ansiosas em relação a sexo, especialmente se estiver com alguém novo, se você estiver retomando sua vida sexual com seu parceiro após uma doença ou se estiver sozinho há muito tempo.

Muitas pessoas se sentem constrangidas com um novo parceiro. Lembre-se de que a outra pessoa provavelmente sente o mesmo. É importante estar aberto com seus sentimentos, pois isso os deixará à vontade.

A melhor coisa que você pode fazer é ter tempo para relaxar juntos. Isso pode significar tomar uma taça de vinho, bater papo ou passar o tempo afagando – o que quer que funcione para você.

Se você está lutando para relaxar:

  • Algumas pessoas acham que ler ficção erótica pode ser uma maneira divertida de começar;
  • Você pode tentar explorar seu próprio corpo para se familiarizar com o que gosta e o que não gosta;
  • Exercícios de assoalho pélvico podem ser uma boa maneira de relaxar seus músculos.

O sexo libera os mesmos produtos químicos que são liberados quando você se exercita. Isso levanta o seu humor e pode fazer você se sentir mais relaxado.

Como eu supero problemas sexuais?

É importante estar ciente de que o sexo pode não acontecer com a espontaneidade de quando você era mais jovem. Homens e mulheres podem ter problemas diferentes, mas existem soluções e tratamentos possíveis.

Mulheres

Uma vez que você atinge a menopausa por volta dos 50 anos, os sintomas podem continuar por meses ou anos e podem prejudicar sua confiança.

Junto com ondas de calor, suores noturnos, humor e ansiedade, você pode notar sua vagina tornando-se seca, o que pode dificultar o sexo. Você pode comprar lubrificantes on-line ou na farmácia, o que pode ajudar a tornar as coisas mais confortáveis.
Você pode experimentar uma queda em seu desejo por sexo. Se assim for, o seu médico pode sugerir possíveis tratamentos.

Homens

Você pode ter problemas para manter uma ereção. Esse é um problema comum que afeta mais de 40% dos homens com 60 anos ou mais, então você não está sozinho. Tente não se preocupar com isso, pois a ansiedade pode piorar o problema e ter certeza de que há coisas que você pode fazer para superar o problema.

Existem muitas causas de disfunção erétil: pode ser um problema físico ou emocional, ou se relacionar com a medicação que você está tomando. Outras disfunções sexuais comuns podem incluir a ejaculação precoce ou a perda do desejo sexual.

É melhor conversar com seu médico para descobrir o que pode estar causando esses problemas, e sobre possíveis soluções, que podem incluir medicamentos para impotência, como o Viagra. Você deve sempre consultar um médico antes de tentar qualquer tratamento de impotência, especialmente se estiver tomando medicação para outras condições, como pressão alta.

Problemas como esses podem levar um ou ambos os parceiros a se sentirem desapontados ou rejeitados. Conversem juntos como um casal e saibam que as causas dos problemas sexuais podem ser tratadas com medicação, terapia ou tentando coisas novas juntas.

Aumentando sua confiança

Se você achar que está sentindo falta de confiança no quarto, isso pode afetar seu desejo por sexo.

Nossa sociedade coloca grande ênfase em olhar jovem, a fim de ser atraente e isso pode levar algumas pessoas mais velhas a sentir que eles não são mais desejáveis. Mas você pode ser confiante e atraente em qualquer idade.

Para ajudar a aumentar sua confiança, você poderia:

  • Compre brinquedos eróticos;
  • Experimente alguns produtos perfumados como óleos corporais ou loções;
  • Procure por um remédio para ereção natural e combate a ejaculação precoce
  • Tente um novo corte de cabelo.

Se você é autoconsciente com relação ao seu corpo, adotar uma dieta saudável ou fazer atividades físicas regularmente pode ajudar a aumentar sua confiança, além de proporcionar mais energia.

O que causa impotência sexual?

A impotência sexual é um dos problemas que mais afetam a população masculina em geral. Conforme recente estudo do Projeto de Sexualidade, da prestigiosa Universidade de São Paulo (USP), quase 50% dos homens entre 40 a 70 anos sofre em alguma medida com disfunção erétil. A porcentagem acima dessa idade é ainda maior, e não menos preocupante para a faixa etária abaixo dos 40 anos. Trata-se, em suma, de um problema que afeta, afetou ou afetará a maior parte dos homens na idade adulta.

Várias são as causas para a impotência sexual. A ereção é um fenômeno complexo, que depende do funcionamento harmônico de uma série de estruturas biológicas de nosso corpo. Em essência, a ereção nada mais é do que a concentração de sangue nos corpos cavernosos do pênis. Um dos suplementos que ajuda nos casos de falta de ereção é o Xtrasize Mercado Livre.

Ou seja, para que haja a ereção, é preciso sobretudo que o sistema circulatório esteja funcionando corretamente. Contudo, outros problemas podem afetar o corpo e levar à impotência sexual, como diversos fatores psicológicos e emocionais. Numa palavra, a causa da ereção é um fenômeno complexo. Apenas o médico poderá apurar as causas no caso concreto.

Diagnóstico de impotência sexual

É importante procurar um médico porque a impotência sexual pode ser provocada como sintoma de uma doença mais grave. Por exemplo, doenças cardiovasculares como hipertensão e aterosclerose podem dificultar a circulação do sangue para o pênis. Não é raro, por outro lado, que problemas hormonais e endócrinos provoquem a disfunção erétil, a exemplo da diabetes e baixos níveis de testosterona.

Distúrbios psicológicos e doenças neurodegenerativas, como ansiedade e depressão, nos primeiros, e mal de Parkinson ou de Alzheimer, nas segundas, são frequentemente atreladas a quadros de impotência sexual. Ademais, também não podemos deixar de mencionar a doença de Peyronie, ou fibrose dos corpos cavernosos, que é uma das condições que mais provocam a disfunção erétil.

Contudo, não é certeza de que ter um quadro de impotência sexual signifique necessariamente que você padece que alguma dessas moléstias. Frise-se: o ideal é buscar o diagnóstico junto ao profissional de saúde, um clínico geral ou, se possível, logo um urologista. O médico vai fazer uma série de perguntas para averiguar as possíveis causas para o seu problema. Em boa parte dos casos, a impotência sexual é causada ou agravada por alguns fatores de risco.

Existem alguns suplementos naturais sexuais que podem ajudar no combate a problemas de impotência e disfunção erétil. Eles devem ser consumidos uma vez ao dia por pelo menos um mês. Uma ótima opção de custo x benefício é o Xtrasize Onde Comprar. Confira mais informações e se possível se alimente melhor depois que começar a consumir o Xtrasize.

Fatores de risco

Os hábitos e o estilo de vida do paciente serão analisados parcialmente, a fim de que o profissional de medicina possa apurar as causas prováveis para a disfunção erétil. Os principais fatores de risco ligados a esse problema são hábitos ruins para a saúde como tabagismo e alcoolismo, já que afetam diretamente o sistema circulatório e a distribuição de nutrientes pelo corpo. Além disso, sedentarismo e obesidade também são ligados à ocorrência de impotência sexual.

Por fim, resta mencionar que a causa da impotência sexual pode ser psicológica. Nesse caso, falamos de disfunção erétil psicogênica. O aspecto emocional do indivíduo pode piorar ou mesmo provocar um quadro desses. Por exemplo, em casos nos quais a pessoa está muito sujeita a situações de estresse, estafa, ansiedade, problemas financeiros etc.

Disfunção erétil: é mais comum do que você pensa

Se você ou seu parceiro estiverem preocupados com a disfunção erétil, você não está sozinho. O Dr. Mark Newton, um urologista da UnityPoint Health, diz que vê diariamente homens que estão preocupados com isso. Ele define a disfunção erétil como a incapacidade de obter ou manter uma ereção para um desempenho sexual satisfatório. A disfunção erétil geralmente piora com o tempo e pode progredir da impotência leve para a completa, se não tratada adequadamente.

Que idade começa a disfunção erétil?


Dr. Newton diz que você pode se surpreender com quantos homens têm disfunção erétil. Ele diz que afeta cerca de 50% dos homens com mais de 40 anos e é ainda mais comum à medida que os homens envelhecem.

“Muitos homens estão hesitantes em conversar com seu médico”, diz Newton. “Eles devem lembrar que é muito comum, e certamente não são os primeiros, nem serão os últimos a ter esse problema. Nós tentamos perguntar sobre isso regularmente para que eles não tenham que abordar o assunto. Mas, se não soubermos sobre isso, não podemos ajudar. ”

Eu tenho disfunção erétil?

“A maioria dos homens que chegam preocupados com a disfunção erétil tem”, diz o Dr. Newton. Ele diz que há três perguntas que você pode fazer para ajudar a determinar se você tem disfunção erétil.

  • Você tem dificuldade em conseguir uma ereção quando desejado?
  • A ereção dura o suficiente para um desempenho satisfatório?
  • A ereção é muito molenga para penetração?

Se a resposta for sim para qualquer uma dessas perguntas, é uma ótima ideia conversar com seu médico.

“A questão número um que recebo quando falo sobre disfunção erétil é: ‘É comum?‘ A maioria dos caras se sente isolada e sozinha com esse problema, em grande parte porque, apesar dos frequentes comerciais, a maioria dos homens não fala sobre isso. Isso faz com que esta seja uma área da saúde masculina que é frequentemente negligenciada e ignorada, mesmo com o estresse emocional substancial que ela causa ”, diz o Dr. Newton.

Quais são as causas da disfunção erétil?

Newton diz que, embora muitas condições médicas tenham um aspecto genético, a disfunção erétil não segue essa tendência. Aqui estão algumas causas principais:

  • Baixa testosterona: Um homem com baixos níveis de testosterona também pode notar sintomas como fadiga, depressão, diminuição do interesse sexual, mudanças na massa muscular e mudanças nos pelos corporais.
  • Diabetes: Isso ocorre quando seu corpo não consegue lidar adequadamente com o açúcar. Diabetes é uma das causas mais frequentes de disfunção erétil.
  • Doença vascular periférica: Isso envolve o estreitamento dos vasos sanguíneos. É também uma das causas mais frequentes de disfunção erétil.
  • Obesidade: Uma dieta saudável e perda de peso ajudará a diminuir o risco de vários problemas de saúde, incluindo disfunção erétil.
  • Estresse psicossocial: Devido à quantidade de ansiedade sobre a disfunção erétil, disfunção erétil leve e dificuldade intermitente podem levar à disfunção erétil constante em alguns pacientes. Abordar o estresse em torno do transtorno com um psiquiatra ou psicólogo pode ajudar a melhorar a função.
  • Fumar: Não fumar ou parar de fumar pode ajudar a reduzir o risco de várias condições médicas, incluindo disfunção erétil.

“Há um grande número de pacientes com obesidade, diabetes e doença vascular, que podem causar organicamente disfunção erétil. Portanto, pacientes com disfunção erétil também devem ser rastreados para doença arterial coronariana e outras doenças comuns, incluindo baixa testosterona ”, diz o Dr. Newton.

Existe cura de disfunção erétil?

“Em muitos casos, perder peso e se exercitar regularmente pode melhorar o fluxo sanguíneo e a disfunção erétil”, diz o Dr. Newton.

Newton diz que os homens podem se livrar da disfunção erétil ligada à obesidade ou ao estresse. No entanto, a disfunção erétil relacionada a danos nos nervos por diabetes ou doença vascular geralmente não é reversível e freqüentemente piora progressivamente.

Quais testes ajudarão a determinar a disfunção erétil?

Existem vários testes disponíveis para avaliação adicional da disfunção erétil, como o ultra-som Doppler peniano não invasivo. Mas o Dr. Newton diz que muitos provedores não usam este teste porque é caro, e a estratégia de tratamento é tipicamente a mesma, independentemente dos resultados. Testes de sangue e urina também podem ajudar os provedores a descobrir o que está acontecendo.

Quais tratamentos estão disponíveis para a disfunção erétil?

  • Medicação: Viagra, Xtrasize Original Comprar, Levitra e Cialis são todos medicamentos chamados inibidores da fosfodiesterase. Eles geralmente são como os provedores iniciam tratamentos; no entanto, pacientes em nitratos para doenças cardíacas não podem usá-los. A combinação dos medicamentos com o Power Blue Bula pode causar uma queda severa na pressão sanguínea.
  • Bomba peniana: Esta é uma opção para pacientes que não estão em anticoagulantes. O dispositivo usa um aspirador a bateria para puxar sangue para o pênis. Uma faixa de constrição ao redor da base do pênis é usada para manter a ereção.
  • Terapia de injeção peniana: Se nenhuma das opções acima funcionar, então a terapia de injeção peniana é uma terceira opção. Envolve o uso de uma pequena agulha para injetar uma pequena quantidade de medicamento diretamente no pênis toda vez que o paciente se envolver em relações sexuais. Mais uma vez, isso não é para pacientes em anticoagulantes.
    Pelotas MUSE. Estes são administrados na ponta do pênis (uretra). As pelotas MUSE são uma das poucas opções avançadas e não-cirúrgicas que os pacientes que usam anticoagulantes podem usar.
  • Próteses penianas: É implantado cirurgicamente e geralmente é a última opção que os provedores recomendam. No entanto, os pacientes que seguem essa rota geralmente estão muito satisfeitos.

É possível tirar 2ª via de RG em SP pela internet?

rg poupatempoMuitos serviços, inclusive documentais, podem ser realizados pela Internet. Isso faz com que alguns paulistas considerem se o seu RG pode ser tirado virtualmente, sem a necessidade de ir ao Poupatempo.

Infelizmente, isso ainda não pode ser feito: todas as pessoas que querem uma segunda via da carteira de identidade (assim como a primeira via) têm de ser atendidas presencialmente em algum posto para fazer o RG Poupatempo.

Porém, existe uma parte que se faz pela Internet: é o agendamento. O órgão paulista tem uma página na qual os cidadãos escolhem a hora e o dia em que podem emitir a sua carteira de identidade.

Além disso, dá para desmarcar e depois selecionar outro dia para atendimento, de acordo com a disponibilidade do cidadão.

Como realizar o agendamento do RG em SP

A página do Poupatempo é https://www.poupatempo.sp.gov.br/ e a pessoa deve clicar em “Carteira de Identidade”, que é a primeira opção dentre os serviços mais solicitados.

Determinando se é primeira via ou segunda, se a pessoa é maior de idade ou não e se é naturalizada ou nata, vai aparecer um simulador de agenda para que se selecione o dia do atendimento. O paulista pode selecionar, inclusive, o Poupatempo que for mais próximo à sua residência.

O órgão também manda para o e-mail cadastrado todos os dados sobre o que foi agendado: em que unidade será, qual é a hora, o dia e com quanto tempo de antecedência o cidadão precisará chegar.

Os eventuais cancelamentos também são pelo site do Poupatempo.

O que é preciso para tirar a 2° via do RG em SP?

A pessoa que perdeu o seu RG ou que foi roubada/furtada deverá procurar a Polícia Civil e fazer um boletim de ocorrência.

Além de levar o B.O no dia agendado, será preciso levar carteira de casamento ou de nascimento, comprovante de residência e, se a pessoa quiser, o seu CPF, que será colocado no documento.

O cidadão não pode se esquecer de levar duas fotos 3×4 que sejam digitais, com o cuidado de não estar com uma roupa clara demais, com tomara que caia ou com regatas.

O cidadão que precisa utilizar algum aparato no rosto ou na cabeça, seja por indicação médica ou religiosa, deverá levar ao Poupatempo um documento que comprove essa necessidade.

Taxa para fazer RG em SP

A segunda via do RG em São Paulo custa R$ 38,55, com a gratuidade sendo dadas às pessoas que têm de 60 anos (mulheres) ou 65 anos (homens) em diante.

Indivíduos que tiraram a carteira de identidade e notaram erros de digitação podem fazer outra via de graça, desde que a peçam em até 3 meses.

Também é dada gratuidade aos cidadãos que assinarem o termo de pobreza, bem como aos que estão desempregados há mais de 90 dias. Porém, será obrigatório mostrar a CTPS como forma de confirmação.

Quem mora em região onde foi declarada calamidade pública por causa de desastres naturais também pode fazer o RG de graça, tendo 2 meses para pedi-lo.

Como mandar bem no seu primeiro anal

É fato que a primeira vez que você faz sexo anal é inesquecível. Para a maioria das mulheres essa é uma preocupação constante, afinal seus parceiros pedem insistentemente para que elas realizem suas fantasias. Para nós, homens, é normal realizar tais pedidos, afinal, temos muita vontade e tesão de realizar o sexo anal – maca peruana funciona.

O que acontece na maioria das vezes é que nem todas as garotas estão dispostas a praticar o sexo anal e matar nossa vontade. O motivo mais comum para que elas fujam dele é o medo, certo?

Existem várias coisas que você pode fazer na hora H para que o momento seja mais prazeroso e inesquecível para vocês dois. Afinal, não são apenas os homens que sentem prazer ao praticar o sexo anal. Por isso hoje você vai conferir algumas dicas para praticar o primeiro sexo anal dela de maneira gostosa e inesquecível. Confere aí.

Dicas para o meu primeiro anal ser incrível

1. Faça a desejar como você deseja

O primeiro passo para que o primeiro anal torne-se inesquecível para ela é: faça querer como você quer. Existem motivos para que você queira o sexo anal e ela também, mostre-os. Converse bastante com a sua parceira sobre isso, aproveite e leiam matérias, vejam vídeos e descubram juntos produtinhos para deixar o anal mais gostoso para os dois.

2. Faça com que ela se sinta segura na hora H

Esse é outro ponto muito importante. A segurança determinará se o sexo anal vai ser gostoso ou não. Ou seja, ela precisa confiar em você, por isso vá devagar. Faça com que ela perceba que a qualquer momento será possível parar, mesmo que você esteja com o maior tesão do mundo. Portanto, controle-se amigo! Quanto mais ela estiver segura, melhor será o sexo entre vocês.

Vale a pena deixar todos os assuntos para lá quando estiver rolando o sexo anal, aproveite o momento!

3. Evite comidas gordurosas no dia

Essa é uma dica que vale muito a pena seguir. No dia em que forem praticar o sexo anal vale a pena não comer muitas frituras e produtos com muita gordura. Isso ajudará com que o sexo anal role sem constrangimentos ou dor. Para que não ocorra nenhum imprevisto avise-a para não consumir hambúrguer, pizza, esfihas e nada cm muita gordura. Isso fará com que o intestino esteja ok e vocês não passem nenhuma vergonha juntos.

4. Capriche na higiene íntima

Essa é outra dica valiosa que você pode dar nas preliminares, enquanto estão conversando sobre sexo anal. Tudo bem que no normal as mulheres já se preocupam muito com a sua higiene íntima, porém é bom reforçar. Só que faça isso com jeito, algumas mulheres podem se sentir muito ofendidas a depender do jeito que recebem a “dica”.

Existem algumas formas de limpeza mais completas, como por exemplo a chuca. Vale a pena pesquisas sobre isso e dividir com a sua parceira. Porém uma boa limpeza básica já ajuda e muito.

5. Lembrem-se das preliminares

Não pule as preliminares, pelo amor de Deus! Não é porque vai rolar sexo anal que você deve esquecer de tudo que dizemos aqui sempre: as preliminares são o principal do sexo. É claro que ela não vai ficar com o ânus lubrificado porque você está fazendo as preliminares direitinho, porém isso fará com que ela se sinta muito mais a vontade depois.

Capriche no sexo oral e faça tudo o que você sabe que ela gosta antes de começar o anal. O beijo grego é uma ótima técnica para começar a esquentar as coisas. Já ouviu falar sobre ele? É uma ótima técnica para deixar sua parceira ainda mais excitada. O beijo grego é uma espécie de sexo oral no ânus, procure saber mais sobre ele, pode ser uma técnica infalível para fazê-la se soltar.

6. Tenha muitas camisinhas

Essa é uma dica muito importante. Antes de começar o anal certifique-se de ter várias camisinhas. Não é indicada a utilização do mesmo preservativo na vagina e no ânus. Então vale a pena ter pelo menos 3 ou 4 preservativos reservas, certo?

Você também pode consumir uma cápsula de Maca Peruana Comprar e deixar sua relação mais quente ainda.

Como conseguir créditos para a Nota Fiscal Paulista

Requisitar a nota fiscal nos estabelecimentos de São Paulo pode resultar em um bônus significativo para o consumidor, desde que ele esteja cadastrado na Nota Fiscal Paulista.

Esse é um sistema que abrange todas as pessoas jurídicas do Estado e que permite que os consumidores tenham o estorno de uma parte do que pagaram em suas compras.

Todavia, esse estorno é um ganho secundário, já que a motivação do governo paulista para fazer esse programa é a inibição da sonegação de impostos.

Antes da nota fiscal páulista, muitos consumidores não se importavam se receberiam os recibos ou não e isso criava condições para que os estabelecimentos não pagassem os impostos.

Sabendo que podem sacar quantias diversas como estorno e participar de sorteios mensais, os consumidores se tornaram mais cuidadosos com a nota fiscal.

Além de pedi-las, eles buscam no site da Secretaria Estadual da Fazenda se ela foi colocada no sistema: se não foi, o cidadão não tem estorno e pode denunciar.

Como aumentar os créditos da Nota Fiscal Paulista

nota fiscal páulista

Os créditos são os valores de estorno que o cidadão pode ter com essas notas fiscais e eles são diferentes para cada comércio.

Importa dizer que não se trata do valor do produto, mas sim do quanto que o estabelecimento repassa de imposto para o governo.

Quanto mais essa pessoa jurídica recolher, mais crédito o seu cliente terá na Nota Fiscal Paulista.

As lojas de sapato são alguns dos empreendimentos indicados para o consumidor que quer ter mais estorno: geralmente, ele passa de 3%.

Os estabelecimentos alimentícios, como as casas de chá e os restaurantes, também têm bom recolhimento de impostos e, devido a isso, concedem bastante crédito: aproximadamente 2,7%.

Quem é cliente de óticas também pode pedir a Nota Fiscal Paulista e acumular créditos de 1,7%, que desce para 1,3% quando se trata de uma padaria. As coberturas de seguro podem resultar em 2,8% de crédito para os consumidores e em 2,2% no caso de lojas de roupas.

Esses créditos também permitem que o cidadão esteja nos sorteios mensais. Se ele acumular R$ 100,00 como estorno, recebe um cupom e a Secretaria Estadual da Fazenda sorteia até R$ 1.000.000,00 por mês.

Cadastro e resgate dos créditos da Nota Fiscal Paulista

Para cadastrar o documento pessoal e solicitar os estornos, acessa-se https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/login.aspx?ReturnUrl=%2f. Porém, esses pagamentos são disponibilizados apenas em abril e em outubro, sempre referentes aos seis meses anteriores.

Como medir o ROI do seu marketing de conteúdo

Você já me ouviu falar várias vezes: “Você precisa de um blog. Precisa fazer marketing de conteúdo. Você precisa tornar seu blog tão popular que você vai ranquear por todo o Google.”

Mas sabe de algo? Leva tempo, energia e dinheiro para fazer tudo isso. Será que vale a pena? Olá pessoal, hoje vou falar sobre como vocês podem medir o ROI do marketing de conteúdo. Para mim, o marketing de conteúdo é muito lucrativo. A maioria das pessoas não tem certeza se está funcionando para elas, ou não. Então deixa eu explicar primeiro como medir o ROI do seu marketing de conteúdo, curso seo.

Isso vai te ajudar a determinar quanto dinheiro a mais você deve gastar com blog. Se você deve contratar mais pessoas, se deve focar mais em vídeo, se deve fazer podcasts, e na verdade é bem simples. A primeira coisa que você precisa fazer é configurar o Google Analytics.

Você não deve apenas configurá-lo e monitorar todas as visitas. Você deve configurar o monitoramento de metas nele. Após ver que está recebendo todas essas vendas e leads, você pode olhar de onde as pessoas estão vindo. Se você estiver gerando centenas de vendas por mês, ou mil, seja lá qual for o número, mas você descobre que 50% delas acham primeiro o seu blog pelo marketing de conteúdo ou algum post de blog, isso te fala que seu marketing de conteúdo está funcionando. E você pode medir isso.

A partir daí, você pode descobrir se vale a pena, ou se você deveria fazer mais, ou menos disso. A segunda coisa que você precisa olhar quando se trata de ROI de marketing de conteúdo é quão bem sua publicidade paga está convertendo. Muitas das suas vendas de publicidade paga vão vir do remarketing.

Mensurando seu blog

Você precisa olhar para o primeiro ponto de entrada de onde as pessoas vêm, porque em muitos casos você vai fazer remarketing para elas, e vai mostrar anúncios de banner enquanto elas navegam na internet, voltados aos seus produtos, voltados os seus serviços. Você deve se certificar de colocar alguma atribuição para o marketing de conteúdo.

Então digamos que você está recebendo 500 vendas do remarketing. Você sabe que 50% do seu tráfego está vindo do blog. Sabe que há uma boa chance de que uma porção significante das suas vendas de remarketing também estão vindo do seu blog. Então você deve atribuir algumas dessas vendas ao seu marketing de conteúdo.

Se certifique de olhar para seus números de remarketing, quantas vendas ele está gerando e qual porção desses visitantes são do blog também. A terceira coisa que você deve medir para descobrir o ROI do seu marketing de conteúdo são menções de marca. Olhe o Twitter. Quantos retweets você está recebendo? Olhe o Facebook. Quantas menções, compartilhamentos você está recebendo? Olhe o LinkedIn. As pessoas estão falando sobre você em conferências do seu ramo?

Tem muito valor em construir uma marca. E se sua marca está crescendo e você está vendo isso, isso mostra que seu marketing de conteúdo está ajudando. Quando você compra sapatos, você não sai e pensa: “Hmm, deixa eu ver qual sapato vou comprar”. Você provavelmente vai comprar sapatos da Nike porque essa marca é tão popular. Se quiser um cartão de crédito, você provavelmente vai escolher American Express, Visa, MasterCard. Novamente, porque essas marcas são tão populares.

Então você deve se certificar de também atribuir uma parte do seu gasto com marketing de conteúdo para o valor da sua marca. Se você não tem certeza se sua marca está aumentando ou diminuindo, você pode ir para o Google.com/trends, digitar o nome da sua marca, como Nike, e você pode ver a tendência. Está constante, ou aumentando? Se estiver fazendo muito marketing de conteúdo,
e você ver que sua marca está crescendo, porque você está conseguindo todas essas menções sociais, você sabe que isso está te ajudando. E marcas são valiosas.

A importância de fortalecer sua marca

Se você olhar para as maiores empresas do mundo, elas construíram marcas incríveis. Você não pensa: “Preciso comprar vários produtos. Deixa eu pesquisar no Google”. Você simplesmente vai para Amazon e compra esses produtos. Porque todo mundo sabe que Amazon é o lugar ideal para todas suas necessidades de e-commerce. Eles criaram uma marca imensa. E marketing de conteúdo ajuda com essa construção de marca.

A última dica que tenho para você é: colete e-mails nos seus posts de blog. As pessoas vão para seu blog. Elas o leem. Elas estão lá pela educação, pela informação. Se você tentar converter elas para uma venda imediatamente, isso provavelmente não vai funcionar. Você precisa construir essa confiança. Para fazer isso, você precisa coletar e-mails.

Então você pode usar ferramentas como hellobar.com. Colete e-mails com upgrade de conteúdo, pop-ups, sliders, as possibilidades são ilimitadas. A Hello Bar é gratuita também. E com a Hello Bar, após coletar e-mails, você pode enviar e-mails e começar a interagir com as pessoas com o tempo, conhecer elas. Construir essa confiança.

E após uma semana ou duas, você pode vender para elas seus produtos ou serviços. Ao fazer isso, você vai descobrir que irá gerar mais vendas. E com o tempo, isso vai te trazer um ROI muito melhor do seu marketing de conteúdo, porque você também vai começar a receber mais vendas diretas. Especificamente com e-mails que você pode atribuir do seu blog. Então é isso. Siga essas dicas.

Se fizer isso, você não vai saber apenas o ROI do seu marketing de conteúdo, mas você vai gerar mais vendas ao mesmo tempo. Se você gostou do artigo comente e compartilhe. Fale sobre ele para outras pessoas, clique aqui.

Sete truques inteligentes para perder gordura

jejum intermitente cardapioLivrar-se do excesso de gordura é geralmente uma tarefa difícil e leva muito tempo.

No entanto, temos alguns truques simples, mas incríveis, que ajudarão você a atingir sua meta mais rapidamente.

Você provavelmente já ouviu falar de alguns deles, mas os dois últimos truques fazem maravilhas.

Vamos a eles?

1 – Água

Certifique-se de beber bastante água todos os dias. Sim, esta é a regra básica para perder peso.

Ele ajuda seu corpo a eliminar os resíduos e a manter a temperatura correta.

A desidratação faz com que seja difícil para o corpo controlar sua temperatura e queimar a gordura armazenada, já que usa essa gordura para manter o equilíbrio.

Esses são os melhores momentos para beber água:

  • Beber um copo de água morna quando acordar de manhã.
  • Beber água na temperatura ambiente antes das refeições.
  • Beber um copo de água meia hora antes de fazer exercícios.
  • Beber um gole a cada 15 minutos durante a atividade física e um copo no final.

Encha seu estômago com água quando você tiver desejos por comida.

Beba um copo antes de ir para a cama. Isso mantém seu metabolismo funcionando e evita problemas cardíacos.

Se você sentir sede, é um sintoma de desidratação, então beba tanta água quanto quiser.

Além disso, beba água fria no meio da manhã e no meio da tarde gastar energia.

2 – Cardio

Mesmo se você tiver um metabolismo médio ou lento, é recomendável fazer pelo menos 40 a 60 minutos de cardio, cinco dias por semana, para manter o nível de gordura baixo.

Outra opção é o treinamento intervalado de alta intensidade que você pode fazer em menos tempo com excelentes resultados!

3 – Halteres

Um metabolismo rápido significa queimar mais calorias e mais quilos. A melhor maneira de acelerar o seu metabolismo e tonificar seu corpo é um bom treino.

Adicione alguns halteres à sua rotina de exercícios para tornar o treino mais eficaz e ajudar o seu metabolismo.

Mantenha-se em uma marcha mais alta por horas após o exercício.

Você acha que exercícios com pesos são inimigos da feminilidade?

De modo nenhum! Exercícios com halteres ajudam as mulheres

Eles mantêm os ossos saudáveis ​​e fortes, estimulam a função cardíaca e a circulação sanguínea.

4 – Proteínas

como fazer jejum intermitenteOs aminoácidos são a chave para o desenvolvimento do tecido muscular. Os alimentos com maior quantidade de aminoácidos são os mais ricos em proteína.

As melhores fontes de proteína são ovos cozidos, peixe como salmão, sardinha e atum, peitos de peru e frango, carnes vermelhas sem gordura, produtos lácteos, como queijo cottage ou iogurte e quinoa.

Se você quiser queimar gordura, você precisa incluir um alimento de alta proteína em cada refeição sem exagerar.

5 – Carboidratos

Mudar para uma dieta com poucos carboidratos ajuda a queimar gordura porque você estará tomando uma quantidade menor de insulina, que também é um hormônio de armazenamento de gordura.

Escolha carboidratos com um índice glicêmico baixo ou médio, como frutas, aveia crua, macarrão, arroz e pão integral.

A quantidade que você precisa é de meia xícara e apenas uma porção por dia.

6 – Desintoxicação

Para limpar e desintoxicar seu corpo naturalmente, você deve comer pepino, pimenta, cenoura, espinafre e alface.

Você também pode fazer bebidas detox.

Há um monte de grandes receitas de bebida detox. Uma dica é fazer uma vitamina verde.

Para preparar esta bebida, você precisará de meia fatia de abacaxi, uma fatia de pepino, um talo de aipo, uma fatia média de berinjela e rabanete de tamanho médio.

Misture os ingredientes no liquidificador e aproveite.

Beba essa vitamina meia hora antes do café da manhã. Ela Ajuda a limpar o sistema digestivo para que tudo que você consome durante o dia seja digerido eficientemente e sem acumular mais carboidratos.

7 – Gorduras

Pode parecer estranho, mas seu corpo precisa de gordura para produzir os hormônios que fazem você queimar gordura, testosterona e hormônios de crescimento.

No entanto, nem toda a gordura é a mesma. A chave é substituir as gorduras ruins por gorduras boas.

Esqueça hambúrgueres e batatas fritas. Sua dieta deve incluir apenas gorduras saudáveis ​​que podem ser encontradas em óleos de canola, azeitona, girassol e milho, abacate, atum, salmão e sardinha, nozes, amêndoas e avelãs.

Comer muita gordura saturada pode aumentar o colesterol no sangue, mas você não precisa remover completamente a gordura saturada da sua dieta se ela vier de fontes como ovos, carne, manteiga de amendoim, óleo de coco.

Como viajar sem precisar despachar a mala

Opa! A postagem de hoje será sobre como arrumar a menor mochila para se viajar o mundo sem precisar despachar bagagem. Isso é baseado em um vídeo que fiz uma vez, há muito tempo atrás. Eu escrevi isso em 2012 ou 2013 quando passei um ano inteiro viajando no sudeste da Ásia. Eu fiz um vídeo mostrando como eu arrumava minha mochila, que era essa aqui e outra menor para levar as coisas do escritório. Eu viajei um ano inteiro sem precisar despachar bagagem. Uma das grandes vantagens de fazer isso é
que isso agiliza a transição entre um aeroporto e outro, já que você pode simplesmente fazer check-in online e chegar mais em cima do horário. Você pode ir diretamente para a porta de embarque e apresentar o check-in que você fez.

Além disso, não tem o risco de extraviarem sua bagagem. É claro que existe o risco de você mesmo extraviar sua própria bagagem, mas se esse for o caso você ganhará um prêmio joinha. Esses dias alguém deixou um comentário no vídeo antigo meu dizendo: “Você pode fazer uma versão atualizada sobre como você arruma suas coisas para viajar sem precisar despachar malas?”

Aproveitando que eu estou com as coisas em mão, vou fazer esse novo artigo para te mostrar como eu arrumo minhas coisas sem precisar despachar. Vou começar na parte geral do que eu levo e depois vou mostrar coisas mais específicas, desde a parte de roupas até as parafernálias para trabalhar. No passado, eu usava somente essa mochila aqui:

Eu também usava uma laptop bag, que fica de lado e é menor. Essa daqui eu usava para todas as minhas roupas. Em algum lugar no meu canal tem um vídeo que mostra como eu fazia para usar só essa mochila. O sudeste da Ásia é um lugar muito quente, então eu não precisava de tanta roupa para frio, que ocupam mais espaço. Isso facilitava muito. O resto eram coisas do escritório.

Eu ainda uso essa mochila hoje, porque é muito boa. Só que hoje eu a uso para as coisas de escritório. A que eu levo para roupa é essa mala aqui.

economizar nas férias com crianças

Ela é de tamanho carry-on, mas talvez seja levemente acima do tamanho certo para carry-on. Já que as rodas são por fora da mala e não embutidas. Mas eu já vi muitas pessoas levando malas muito maiores do que essa e ninguém nunca os e incomodou. Eu nunca tive problemas com essa. Ninguém nunca me fez medir para saber se podia entrar ou não. Essa mala não tem nada demais. Ela tem esse cadeado que é de um tipo chamado TSA. Além de fechar a mala sem precisar de um cadeado, mas ele também tem um buraco de chave para a alfândega.

Caso eles precisem abrir sua mala – o que não aconteceria, já que você não vai despachar sua mala – podem fazer isso sem precisar
arrebentá-la. Ela tem dois compartimentos: um com uma fita e um com um zíper. Na parte do zíper eu coloco cuecas, meias e um tênis de corrida.  Eu comprei enquanto estava na Espanha. Ela também tem 5 anos de garantia, assim como uma Samsonite. Se você não está afim de procurar muito, a Samsonite é uma marca garantida. Eu tenho outras malas da Samsonite e recomendo. Essa mala é do tamanho ideal. Não tinha uma Samsonite como eu queria. Essa tinha um bom preço. Eu sinceramente não acho que preciso de uma marca melhor. É uma mala simples de dois compartimentos. Não é como ter um laptop com Windows ou iOS, que são completamente diferentes. Eu não lembro as medidas exatas recomendadas, mas acho que são 60cmx40xcm20cm. Essa daqui tem 65cmx45cmx25cm, ou seja, 5cm a mais para cada um dos lados em comparação com o que é autorizado, em teoria. Mas nunca me encheram o saco.

Eu sempre levo as roupas nela e coloco as coisas do escritório nessa mochila. Nunca me encheram o saco por causa dela também. Caso você não saiba como funciona em uma companhia aérea específica, pesquise no Google. Muitas pessoas perguntarão sobre isso. Até mesmo a Ryanair que não deixava levar nada, hoje deixam levar uma pequena e uma menor – como uma bolsa de mulher ou uma mochila de laptop. Eu já viajei com essa mala e com essa mochila na Ryanair e não falaram nada. Me deixaram viajar tranquilamente. Então, não vejo muitos problemas.

Mas se eu não me engano, a Easyjet só permite um volume. Já vi pessoas tendo que colocar a segunda bagagem dentro da mala para não precisarem despachar. Eu já tive que fazer isso. Eu não queria que o laptop fosse apertado na mala, então levei o laptop na mão.
Eles deixam levar um livro ou laptop na mão. Mas isso varia de companhia para companhia. Com essa mala e com essa mochila nunca me incomodaram. Eu consigo levar tudo o que preciso de roupas e de escritório. Essa mochila é uma North Face. É uma marca muito boa. Recomendo muito.

Eu comprei essa mochila há 3 anos atrás e ela está nova. Eu uso ela para vários lugares e ela está nova. Nenhum zíper estragou. A marca é muito boa. Ela é um pouco mais cara. No Estados Unidos você pagará de 100 a 110 dólares. Eu paguei menos, porque comprei na Malásia. Acho que elas são fabricadas no Vietnã. Eu paguei uns 60 dólares na época. Até hoje ela está muito boa.
Ela dura muito tempo e é muito completa. Quem fez o design dela fez muito bem. Ela é toda compartimentada e funciona perfeitamente. O nome dela é North Face Surge. Essa é a Surge 1:

A Surge 2 eu indiquei para um amigo. Ele comprou e é muito boa. É bem parecida, só muda a frente. Na frente tem um bolso que abre. Tem um espaço em cima para colocar os óculos de sol. Às vezes você só quer os óculos e sol e ele está no fundo da mochila e fica chato pegar. Ela tem mais dois bolsos na parte debaixo. No segundo zíper é onde eu coloco a maioria das coisas do escritório. Tem espaço para caneta e várias divisórias.  O bom dessa mochila é que, como ela tem todas essas divisórias, eu consigo colocar bastante coisa e não fica como se fosse uma sacola.

Eu odeio aquelas mochilas que parecem um bolsão. Essa mochila deixa tudo bem distribuído. Essa é uma grande vantagem. O terceiro zíper é onde eu coloco a maioria das coisas. O último zíper é um espaço almofadado para você colocar seu laptop. Além disso, ela tem um sistema para encaixar aqui na frente com uma amarra, caso a mochila estiver pesada demais. Ela também tem um suporte para as costas. Eles dizem que é aprovado por um órgão dos Estados Unidos, que diz que essa mochila é boa para as costas.

Ela também tem dois bolsos laterais para colocar água. Ela tem uma amarra para quando sua mochila estiver grande demais. É só puxar aqui para deixar ela mais compacta. Eu recomendo muito essa marca: North Face Surge.

A outra é uma marca alemã. Essa mochila é uma coisa que vale a pena comprar. No caso da mala, a Samsonite tem uma garantia
e qualidade melhor. Mas essa mochila faz muita diferença. Eu já usei muitas mochilas e todo mundo para quem eu indiquei gostou dela. Essa é a estrutura geral: a mala (para roupas) e a mochila (para escritório). Para as roupas, não tem mistério. Eu levo uma ou duas calças jeans e um ou dois blusões, dependendo do clima do local para onde vou.

O que levar na mala durante a viagem

Por exemplo, em janeiro eu quero fazer uma viagem para a América Central com minha namorada e lá não fica frio. A mala ficará até menor, porque eu provavelmente levarei só uma calça e um ou dois blusões. É sempre bom levar, caso precise. Esqueci de dizer: essa mala tem um fecho extra, que quando aberto, aumenta uns 4 ou 5 centímetros – ficando ainda mais “fora da lei”. Mas caso você precise, você consegue aumentar o tamanho dela. Outra dica: essa mala é feita de um material brilhoso, então ele risca muito facilmente e não fica bonito. Se possível, compre uma mala de material fosco. Agora eu vou mostrar o que está em cima da mesa, que são as coisas que eu levo para trabalhar.

O primeiro item é o celular que está gravando neste momento. Eu tenho o mesmo celular desde 2013, que é o iPhone 5. Eu uso pouco o celular. Eu tento me comunicar pouco por telefone e Whatsapp – eu acho isso contraprodutivo. Não gosto que as pessoas tenham acesso imediato a minha pessoa. Eu gosto de bloquear as distrações para focar no meu trabalho. Como eu não uso o celular tanto assim, eu ainda não o troquei. Ele está funcionando muito bem. O único motivo para trocar de celular seria ter uma câmera um pouco melhor, principalmente a frontal.

Mas não tem problema, eu me viro. Eu conecto um adaptador para ligar um microfone de lapela nele. Uso microfone Ultradisk 4016. Eu comprei pelo eBay da Inglaterra e mandaram para o Brasil sem problemas. É um microfone barato e muito bom. Ele não precisa de pilhas e para mim funciona perfeitamente. O celular fica apoiado em um tripé flexível no qual eu paguei 10 euros.

Esse tripé não tem nada demais – ele é de uma marca genérica e funciona muito bem. Ele está nesse momento segurando meu celular para gravar esse vídeo. O item principal é, obviamente, o MacBook. No Brasil ele sempre foi caro, mas infelizmente hoje está absurdamente caro. Eu comprei o meu em 2013, quando o dólar não estava tão alto. Ele não é barato, mas na minha opinião valeu muito a pena. Eu gosto muito de Mac.

Celular dá quase na mesma, porque eu não uso muito. Mas quando eu mudei de Windows para Mac, tive um ganho muito grande na produtividade. Eu acho muito mais estável e seguro. Para mim, ele funciona melhor. Pena que ele é tão caro, mas para mim ele
se pagou. Ele veio com muitas ferramentas (Qnote, Pages, Numbers) que eu não precisei comprar. Meu notebook funciona muito bem, assim como meu celular. Eu só vou trocar se valer muito a pena – mas, provavelmente, só quando estragar. Mas ele está funcionando muito bem há 3 anos.

Eu troquei a tela recentemente por causa de um erro da Apple. Outras coisas que eu levo na mochila: óculos de sol e passaporte. O iPad eu ganhei como prêmio de afiliado. Antes de tê-lo eu achei que eu não iria usar muito. Depois que eu ganhei, eu uso demais, seja para ler besteira ou para ler livros. Alguns livros não ficam bons no Kindle. Eu uso o DropBox e acesso uns PDFs diretamente
no iPad. Eu também uso para ver vídeo no avião. Eu também levo uma câmera comigo. Ela tem uma imagem um pouco melhor do que o iPhone. Uso uma Panasonic HCV720. É muito boa. Acho que na época eu paguei uns 500 dólares. Ela não é a mais barata, mas para a qualidade dela, valeu a pena. Esse é o carregador dela.

Uso também uma caixa de som chamada JBL Flip 2. Ela se conecta através de Bluetooth. Você pode até atender o celular com ela.
Ela é muito boa para colocar um som melhor do que o som do laptop. O som no laptop é limitado. Já essa caixa tem um belo som. Ela é relativamente compacta e vem nesse estojo. Quando tem espaço na mala, eu a levo para ter um som um pouco melhor. Esse é o carregador dela. Eu também levo um HD externo da marca Western Digital. Eu pesquisei os reviews na Amazon e vi que ele tinha um tamanho bom e não precisava de um carregador externo. Ele é te 1 tera.

Nunca me decepcionou e tenho várias coisas guardadas nele. Como eu trabalho com vídeo e guardo os arquivos originais, às vezes esses arquivos são de 2, 5 ou até 20 gigabytes – então, eu uso o HD externo. Eu também levo um barbeador, que é sempre necessário. Isso aqui eu sempre levo na mochila, mas não uso o tempo inteiro, que é uma máscara de sono.  Eu sempre uso quando a viagem vai virar a noite. Ajuda muito para não ficar acordando o tempo inteiro com as luzes do avião. Eu também levo uma almofada inflável que vai ao redor do pescoço. Eu consigo dobrar e deixar ela guardada bem pequena. Caso esteja confortável no ônibus ou no avião, eu consigo inflá-la assoprando. E uso ela no pescoço para dormir melhor.

Eu também gosto de levar esse microfone da Apple que vem com o telefone. O microfone é bom para gravar vídeos e às vezes eu o uso. Funciona muito bem, não precisa mais que isso. Quando vou usar o Skype, ele é bom porque fica perto na garganta.

Eu recomendo que você sempre tenha Dramin se você gosta de viajar bastante. Ele dá um sono desgraçado. Uma vez eu tomei 2 por ter que pegar dois voos pesados seguidos. Eu fiquei muito grogue. Acordei no meio da madrugada e mal conseguia levantar para ir ao banheiro. Quase tropecei e caí! Mas quando o voo é noturno – ou para ajudar na diferença de fuso-horário – eu tomo um. Ele tem um bom impacto. É um remédio que você pode comprar direto no balcão, sem prescrição – não é forte nem nada. Ele ajuda a dormir melhor no avião. Se você tiver que fazer um voo que vira a noite no avião, tem muito barulho, gente passando, bebê gritando… é uma confusão. É ruim de dormir.

Então, eu ponho o fone de ouvido, ponho e máscara, tomo um Dramin e apago. Assim, eu chego no meu destino muito mais inteiro. Ele também ajuda quando você fica confuso por se perder no fuso-horário. Se você chegar no local e ainda não está com muito sono para dormir, você pode tomar um para dormir num horário mais normal eacordar no outro dia mais disposto.

Então é isso: uma mala, uma mochila e essas tranqueiras que eu levo. Assim,  eu não preciso despachar minhas malas quando estou viajando.

Como saber o instrumento certo para mim

curso de cavaquinho alemao charlesFala, galerinha, tudo certo? Esta postagem de hoje é pra você que está pensando em fazer uma aula de música, mas ainda não sabe por qual instrumento começar. Eu tenho uma dica que vai te ajudar muito nisso!

Deixa eu te explicar uma coisa, isso é uma parte um pouco teórica da música, mas não tem nada de difícil, olha só: a música trabalha em cima de 3 fatores – A HARMONIA, A MELODIA E O RITMO – não necessariamente nesta ordem, porque nenhum deles é mais importante do que o outro, e também não quer dizer que o outro venha primeiro, e o outro venha depois.

O importante é que a gente tenha estas 3 coisas na música. Se você não sabe o que é cada uma delas, eu vou te explicar agora! A melodia é como se fosse a linha principal da música, geralmente é a parte que o cantor faz, ou então em algum solo de um  instrumento, ele está executando a melodia. A harmonia é o que encorpa isso, seria o papel da banda. E o ritmo é responsável por dividir a música em fatias compreensíveis.

Se faltar qualquer uma dessas coisas, pode ter certeza que a música vai ficar estranha… E se você escuta uma música e acha ela estranha, pode procurar, que está faltando alguma coisa. Pois bem! E agora, como é que eu vou saber pra qual destas partes da música eu levo jeito? SIMPLES!

Como escolher um instrumento para aprender

Sabe aquela música que te chama a atenção, aquela que te chama mesmo! Que parece que chama pelo nome! E toca na rádio, você para de fazer qualquer coisa para escutar aquela música… Como é que você está reagindo corporalmente? Como o seu corpo reage àquela música em questão? Você dança, se balança, chacoalha, pula, bate o pezinho, bate na mesa? Você está sendo chamado pelo ritmo! Se é a parte da banda que te interessa mais, a parte da harmonia está sendo mais interessante.

Mas se você não abre mão de imitar o cantor, ou o solo do instrumento, o que te chama mais a atenção é a melodia. Sabendo disso, fica muito mais fácil de procurar um instrumento dentro dessas fases, para trabalhar. Por exemplo, se você gosta mais da harmonia,
você pode tocar violão, teclado, guitarra, instrumentos que façam a harmonia de uma banda. Se o que te interessa é o ritmo, provavelmente os percussivos vão te chamar mais a atenção. Mas se a sua “praia” é melodia, talvez você queira cantar, ou então tocar instrumentos de solo, como os instrumentos de sopro, a guitarra, o violino, o violão…E lembrando que tem alguns instrumentos que são versáteis, ou seja, eles trabalham muito bem nas três partes da música, mas isto vai depender do que você quer fazer com o instrumento.

Este teste eu tenho usado em avaliações, tenho usado com alunos, e tem dado muito certo, então você pode aplicar aí em casa mesmo, porque ele é muito fácil de fazer. Só tem um detalhe: não faça este teste querendo direcionar para alguma coisa, seja sincero, se não, não vai valer. E também não vale fazer o teste com a mãe, com a vó, porque elas vão achar tudo lindo, e também não vai funcionar.

Peça para alguém te avaliar, se alguém já prestou atenção em como você reage àquela música, e se você já sabe, está decidido! Vai nessa, que vai dar certo! Existe a possibilidade de este teste não chegar a algum resultado claro, então é o caso de você procurar um professor para marcar uma avaliação, pra ele tentar te ajudar a saber qual é a parte da música que mais te interessa, e aí direcionar o
instrumento em que você vai se dar melhor. Eu espero realmente que este teste te ajude, que você possa descobrir qual é o seu talento, onde você vai fazer mais bem-feito.

Se você tiver alguma dúvida a respeito da música, de algum instrumento, qualquer coisa ligada à teoria, pode deixar nos comentários.